Como abrir uma franquia

Investir em um negócio consolidado é uma ótima alternativa para quem deseja empreender. Esses são os principais motivos do sucesso e crescimento contínuo do setor de franquias no Brasil e fora dele também.

Vale a pena investir em franquias?

O cenário econômico instável do Brasil tem uma qualidade, nos faz avaliar opções de incrementar o lucro e diminuir as despesas, e muitos indivíduos buscam essa solução por meio do empreendedorismo. O GEM (Global Entrepreneurship Monitor) aponta que 40% dos indivíduos em idade adulta já iniciaram ou tem um negócio próprio e 25% do total de adultos pretendem abrir um negócio próprio nos próximos três anos.

Mas abrir um negócio não é tarefa fácil, como encontrar a oportunidade mais alinhada com seus interesses, com retorno seguro e no momento oportuno? Um dos caminhos a seguir pode ser buscar um modelo de negócio consolidado no setor de franquia.

Segundo estudo da ABF (Associação Brasileira de Franchising) o setor de franquias apresentou um crescimento nominal de 8.4% no primeiro trimestre de 2018, e dentro dos segmentos em destaque estão: alimentação, entretenimento e lazer, turismo e hotelaria, casa e construção, comunicação e informática e eletrônicos.

Como todo investimento, o investimento em franquia pode valer a pena, mas depende essencialmente do conhecimento do investidor do mercado e da competência essencial do negócio que escolheu seguir.

Qual o perfil do franqueado?

O perfil é um dos fatores determinantes para a escolha da sua franquia. É essencial que você conheça o produto e serviço que o segmentou (ou marca específica) que você busca oferece e, principalmente, se aquela franquia tem o seu perfil.

Alguns procedimentos devem necessariamente ser cumpridos para manter a padronização da marca em qualquer lugar do mundo, porém, as marcas não desejam que você se torne apenas um executor de tarefas, elas buscam um espírito empreendedor no franqueado e apreciarão suas sugestões.

É devido à falta de perfil do franqueado com a franquia que se dão os maiores conflitos e dificuldades entre franquia e franqueado. Ex: Se você é uma pessoa pouco teórica e gosta de relacionamento, logo o seu perfil remete a franquias que necessitam um contato muito com o público. Uma dica é  você buscar franquias no segmento de alimentação, vestuário, beleza e saúde.

Criar uma lista de habilidades e competências é uma boa maneira de traçar o seu perfil. Coloque no papel os tipos de franquia que você está realmente interessado (serviços de alimentação, escola de idiomas, beleza, saúde, etc.). Acrescente os seus pontos fortes e fracos e compare com as franquias que você está buscando, você será a peça essencial para fazer essa engrenagem funcionar.

Se mesmo assim você não tiver certeza onde você se encaixa, visite algumas unidades como cliente e observe como é o atendimento, o ambiente e os produtos. Preste atenção em tudo com cautela e imagine se você se sentiria bem trabalhando naquele segmento.

Qual o benefício de investir em franquias?

Precisamos sempre lembrar que como todo investimento a possibilidade de atingir benefícios está diretamente ligada ao alinhamento do propósito do investidor às suas competências estratégicas e táticas para liderar o negócio, sendo necessário um profundo conhecimento do negócio e do mercado.

Modelo de negócio consolidado

Você já pensou em todo o investimento e esforço que estão concentrados na busca por um novo modelo de negócio? Desde a avaliação da demanda pelo produto ou serviço, infraestrutura, pessoas, ponto, publicidade, a lista é bastante extensa e o risco pode ser muito alto para os investidores que estão começando.

Ainda assim investidores com maior capital também avaliam a solidez do negócio de acordo com os riscos que estão dispostos a assumir, muitas vezes optando por negócios já consolidados.

Suporte do franqueador

Buscar uma oportunidade de mercado para investir é um desafio que requer experiência tanto de mercado como na competência essencial do negócio.  O perfil do investidor nesse caso deve buscar sempre complementar suas fortalezas e neste mercado o franqueador pode assumir esta posição, fornecendo apoio nas duas competências.

Investimento flexível

O valor e os modelos de negócio podem variar de franquia para franquia o que possibilita ao investidor ter um amplo leque de possibilidades de acordo com seu valor de investimento e fluxo de caixa esperado.

Quanto vou gastar para abrir uma franquia?

Para ganhar dinheiro você tem que gastar dinheiro! Antes de aderir ao sistema de franquias, analise o quanto você dispõe para investir. Isso porque, os especialistas aconselham que você tenha em caixa três vezes o valor necessário para o custo inicial de abertura da franquia e também lembre-se que além da taxa de franquia, você terá que pagar mensalmente a taxa de royalties, a de publicidade fora os custos para a manutenção do negócio, como aluguel, salários e impostos que devem estar incluídos em seu orçamento.

Converse com outros Franqueados: é imprescindível você ter conhecimento de outras pessoas que já passaram pelo que você irá passar para que possa fazer uma escolha consciente. Os riscos de um novo negócio sempre existirão, mas se você estiver de olho nas tendências atuais, certamente estará mais perto do sucesso!

Processos e Burocracias

Conheça a Lei de Franquias Nº 8955/94

Ela dispõe sobre o contrato de franquia empresarial (franchising) e dá outras providências sobre o tema. Você pode encontrá-la no site do planalto, ou pelo link,
www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8955.htm. Procure profissionais especialistas nesta área, que certamente tirarão todas as suas dúvidas.

O que é Circular de Oferta de Franquia (COF)?

Essa circular tem o intuito de esclarecer o que você irá investir, o perfil ideal do franqueado, o histórico da franqueadora, quais os formatos de montagem do negócio, dentre outras particularidades da franquia. Lembre sempre que você terá 10 dias, após o recebimento da COF para decidir o que fazer, antes de assinar, pagar ou se comprometer com a franqueadora de alguma forma.

O que é o Contrato de Franquia?

É impossível fechar negócio sem avaliar minuciosamente a minuta do contrato da franquia, avalie se todos os itens da oferta foram inseridos com clareza e converse com o franqueador sobre os pontos de dúvida, ao fim sempre utilize apoio jurídico antes da assinatura.

Preciso fazer Balancetes Contábeis da Empresa?

Sim, é muito importante analisar os balancetes contábeis da franquia que você deseja investir, por uma simples razão - você vai gastar o seu tempo e dinheiro com isso.

 

Encontre a melhor franquia para você investir: Franquias por Segmentos e Ramos
Saiba mais: Franquias no Brasil

Últimas Notícias

Mídias Sociais

104K

Follow